COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

A PRIMAVERA VOLTOU

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor, editor e revisor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.uol.com.br                                     
                                                      
                                                    
E a primavera chegou. O tempo não lhe anunciou a chegada com o brilho que a estação merece, a época é de chuva, neste ano, mas o dia vinte e dois lhe fez jus, com o sol surgindo, irradiando luz e cor.

A chuva deve continuar, mas a primavera teve sua chegada ornada de sol, um tributo ao período mais bonito do ano. Mãe Natureza foi generosa mais uma vez, floresceu cores e mandou o sol, que as deixa mais coloridas.
                                                         
Vi a primavera no meu jardim, onde tudo está florescendo. Os pés de araçás, os cravos, os hibiscos, as orquídeas, aquelas de caules longos, cujo nome desconheço. Um dos meus pés de jacatirão abriu um botão temporão, vejam só, agora, quase no fim de setembro, só pra homenagear a recém-chegada primavera. Até os pés de cebolinha floresceram suas flores roxas, assim como o morango, o manjericão, a arruda, o guaco e tantas outras plantas.

Nas ruas, ainda floresce o ipê. Tudo vai florescer, daqui por diante. A vida vai florescer. Tudo terá mais cor, pois o sol voltará e as pessoas deixarão florescer os sorrisos.

A estação mais bonita do ano chegou. Tudo brotará, com viço, até a alegria no coração das pessoas. O verde ficará mais verde, toda cor ficará mais viva. Toda árvore, da maior a mais simples, toda planta prestará seu tributo à Mãe Natureza, desabrochando suas flores.

É tempo de primavera, tempo de recomeçar, de renascer, tempo de brotar para a vida. É tempo de festa, pois a primavera chegou. É tempo de viver.


A primavera chegou...O mundo vestiu-se de flores, a vida enfeitou-se de cores e a gente se enche de amor... É primavera! A vida sorrindo, música ao vento, poesia no ar.

Ah, a primavera... contigo renasce a vida, brota de novo a poesia, renova-se a esperança. Vem, primavera: lança sobre nós o sol, raio de luz, força e cor, essência de vida de nós, pequenos filhos da terra. A festa da vida recomeça e eu te festejo, primavera!

 

Um comentário:

  1. Oi meu amigo! Quanto tempo!

    Lembrei-me de você outro dia sobre a questão de ser leitores dos livros e do mundo.Comecei a lecionar no ensino médio e tenho um 1º ano e um 2º anos que até hoje não conseguiram adquirir o hábito de ler e então pensei: minha missão será árdua, mas jamais vou me desesperar. Pelo contrário, vou pensar e criar alternativas para fazer com que este gosto pela leitura seja prazeroso. Na 1a semana foi um desastre, na 2a mais ou menos e agora, a cada semana o número de alunos procurando a biblioteca faz-se crescente. Por isso gostaria que você fizesse uma crônica para esses alunos, ressaltando a importância da LEITURA em nossa vida, principalmente a estes jovens que tem o mundo a conquistar. Um deles virou para mim e perguntou: Professora, porque a senhora não desiste de nós? E eu disse: __ Jamais desistirei, se posso fazer diferença em sua vida, farei. E se tento chamá-los a esse mundo dos livros é porque acredito que vocês são capazes. E se tiver um de vocês que se tornar leitor até o final do ano, com certeza a minha missão terá sido cumprida. Não vamos esperar que o Brasil mude apenas com as promessas dos político, porque essas podem demorar muito, se é que vão acontecer. Mas se posso mudar o mundo que me cerca, com certeza eu o farei. E assim é a vida, nos ensinando e criando alternativas para fazermos o diferente. Com carinho professora Edna Matos.

    ResponderExcluir