COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

POESIA DO CORAÇÃO


                 Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

 

Maria de Fátima Joaquim sempre foi poetisa. Desde os tempos do Grupo Literário A ILHA, do qual ela foi uma das escritoras que participou desde o início – sua poesia fluía, romântica, apaixonada. Ela estava sempre mostrando versos novos, quando participava das reuniões, dos saraus e do varal da poesia nas feiras de artesanato.

Este é seu segundo livro. O primeiro, “PEDRA FALSA”, faz parte da coleção Poesia Viva, publicada pelas Edições A ILHA, com quatorze volumes.

Como já mencionamos e é facilmente perceptível, lendo os poemas de Maria de Fátima Joaquim, sua poesia é predominantemente romântica, embora manifeste, também, uma salutar preocupação social, em seus versos. A família, a natureza, o ser humano estão sempre presentes no seu trabalho.

É muito bom ver uma poetisa dinâmica e produtiva, como Maria de Fátima, voltar a publicar, brindando o leitor com mais uma coletânea de sua sensível e lírica poesia.

A poesia e a literatura estão em ascendência em Joinville e esta poetisa está junto nessa retomada. Com a transferência do Grupo Literário A ILHA para a capital, no final dos anos 90, houve tentativas de continuação de um movimento literário em Joinville, que não vingaram. Mas os escritores da Manchester se organizaram, no início da segunda década deste novo século e estão ativos, colocando de novo a sua produção em evidência.

E Maria de Fátima Joaquim é um dos agentes que estão trabalhando para que a literatura Joinvillense tenha o lugar que merece, que cada vez mais seja lida e valorizada.

Sua poesia merece ser sempre mais conhecida e apreciada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário