COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sábado, 4 de dezembro de 2010

DANÇA E LITERATURA NA ESCOLA


Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/

Ontem à noite fui ver o espetáculo “ContAção”, apresentado pelas turmas de Dança e Música do Colégio Municipal Maria Luiz de Melo, o Melão de São José. Unindo dança e literatura, os alunos e professores do Melão deram um show de arte e beleza, mostrando que nossos estudantes da escola pública, desde o mais novo até aqueles que estão nas últimas séries do ensino fundamental, estão aproveitando as novas disciplinas como a dança e a música, que entraram para o currículo de alguns estabelecimentos, neste caso através do Projeto Dança na EScola.
É impressionante e animador ver o que os competentes professores dessas artes estão extraindo de nossas crianças e é muito promissora a probabilidade de que estejam sendo formados bailarinos que poderão brilhar, no futuro, em festivais de dança como o de Joinville, por exemplo.
As coreografias, muito alegres, coloridas e criativas, dão uma amostra do que essa plêiade de artistas que são nossas crianças poderão realizar mais adiante. O talento que eles têm pode ser desenvolvido ainda mais e é isso que professoras de dança como Daniela Cristina Amorim e Vanessa Francischi estão fazendo. Pelo nome, vocês já perceberam que Daniela é minha filha, mas não é só por isso que estou falando do espetáculo que vi. Gosto de dança e de literatura, e as duas coisas foram reunidas em “ContAção”. E a dedicação com que Daniela batalhou, nesses últimos tempos, para tornar realidade o espetáculo, juntamente com sua colega, valorizou ainda muito mais o seu trabalho. Ela faz pós-graduação de Dança, dá aula de dança em outro colégio, faz parte de dois grupos de Dança na Grande Florianópolis e, mesmo assim, estava às voltas com confecção de figurinos – ela própria botou a mão na massa, pois a vi bordando calças das bailarinas -, impressos, textos, escolha de músicas, criação das coreografias, ensaios, ensaios e ensaios.
E o resultado foi excelente. Foram quinze números, sem contar a declamação de poemas. O projeto Dança na Escola, que as duas professoras, coreógrafas e bailarinas tornam realidade através do seu trabalho dedicado e abnegado, está de parabéns.
Educação de qualidade é isso, a despeito do descaso de nossos governantes com a educação deste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário