COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

LIVRO NÃO SE JOGA FORA

    Por Luiz Carlos Amorim - Escritor, editor e revisor - Http://luizcarlosamorim.blogspot.com.br

O caso do diretor de uma escola em Santo Amaro da Imperatriz que descartou grande quantidade de livros para a reciclagem, resultou na exoneração do mesmo. Só que a história continua. Agora ele vem a público dizer que os livros para descarte era só uma parte do que foi levado, que uma outra parte não era para a reciclagem, que que esta outra parte foi levada sem autorização.

Ora, vamos esclarecer uma coisa: primeiro, nenhum livro deve ser entregue para reciclagem. Se não havia mais utilidade na escola, que chamassem o Floripa Letrada, que eles pegam e colocam nas estantes do terminais e alguém leva, alguém vai dar uma sobrevida para os livros. Não se joga livro fora. Eles poderiam ser encaminhados, também, para uma outra escola, que existem escolas de interior que não têm biblioteca e precisam de doações.

Segundo, o diretor diz que um funcionário da escola atendeu os recicladores que foram pegar os livros. Porque não impediu que levassem os livros “bons”?  Ninguém conferiu o que foi levado, eles poderiam ter levado tudo o que estava na sala, que ninguém conferiria o que estava saindo?

Livro didático é comprado com dinheiro público, com o nosso dinheiro, não pode ser jogado fora. Sinto muito, senhor diretor, mas o senhor , como educador que deveria ser, deveria saber disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário