COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

ENCONTROS LITERÁRIOS EM JARAGUÁ DO SUL


  Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

Estive na 7ª. Feira do Livro de Jaraguá do Sul, fazendo o lançamento do meu mais recente livro de crônicas, “O Rio da Minha Cidade”. Fiquei impressionado com duas coisas, no mínimo: primeiro, o novo local, o grande estacionamento do SCAR – Sociedade Cultura Artística de Jaraguá do Sul. Um espaço amplo, onde as barracas da feira ficaram muito bem instaladas. E perto de tudo, perto do centro, com fácil acesso e lugar para o visitante deixar o carro. Sem contar toda a infraestrutura do Grande e do Pequeno Teatros e dos auditórios, usados para shows, palestras, ,encontros, seminários, etc.

Segundo, os escritores da cidade vieram prestigiar a minha sessão de autógrafos. Quem não pode vir, mandou mensagem. Marcou presença a poetisa, professora e tradutora Selma Ayala – e entabulamos um projeto de revisão do meu livro trilíngue “A Cor do Sol” – em português, inglês e espanhol, para uma segunda edição. Também estiveram lá a jornalista e cronista Sonia Pilon, que me entrevistou para o Jornal Folha SC, o escritor Gil Salomon, de extensa produção literária, a escritora Ana Janet Pedri, parceira literária de Gil, com outros três escritores, de antologias de prosa temáticas periódicas interessantíssimas, a poetisa Adriana Niétzkar, sem contar as escritoras de Joinville que estavam lançando seus livros, como Célia Biscaia Veiga, cronista, poetisa e editora, Lilian Cristiana Peixe e Eliana Quadra Correa.

Destaco a presença dos escritores, porque é quase comum, em outros lançamentos, que a maioria dos colegas escritores não apareça. E em Jaraguá muitos deles compareceram.

A feira do Livro de Jaraguá do Sul está crescendo a cada edição e está concorrendo com a de Joinville, no sentido de se consagrar a maior feira do gênero em Santa Catarina. É uma concorrência saudável e que sai ganhando é o público leitor e também os produtores de literatura, notadamente locais ou estaduais.

Um comentário:

  1. Oi, Amorim, que legal! E eu nem fiquei sabendo que havia essa feira!
    Sucesso aí,
    Urda.

    ResponderExcluir