COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

LER PARA NOSSAS CRIANÇAS


   Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

Não é muito comum vermos publicidade honesta, na televisão, mas vi uma que me agradou, hoje, na TV aberta, se não me engano: “Leia para uma criança, isso muda o  mundo.” Pois então não é verdade? Numa outra crônica para o Dia da Criança, eu conclamava, esta semana, os pais, avós, tios, padrinhos e madrinhas, a darem livros de presentes para suas crianças, além do brinquedo. E que lessem para aquelas que ainda não sabem ler, pois é só assim, colocando os livros nas mãos e diante dos olhos das crianças desde a mais tenra idade, que podemos ajudar a incutir o gosto pela leitura.

Então vejo essa propaganda na televisão e não posso deixar de falar sobre ela. Ler para as nossas crianças pode mudar o mundo, sim, pois se elas crescerem com livros a sua volta, será mais muito mais fácil para elas estudarem. E se forem bons estudantes, terão melhor qualificação para o mercado de trabalho e, consequentemente, terão um padrão de vida melhor. E se tivermos, no futuro, mais pessoas esclarecidas, com boa educação, nossos governantes, empresários, etc. serão melhores do que os que temos hoje, o que pode significar que teremos países melhores, políticos melhores, quem sabe, uma vida melhor.

De maneira que aproveito para convidar a todos que passem a ler mais para suas crianças. Pode ser a fábula, daquelas que conhecemos há várias gerações, pode ser gibi, pode ser a nossa boa literatura infanto-juvenil. Mas leiam, leiam muito, leiam sempre. Isso aproxima a família e melhora o desenvolvimento da criança. Ter o hábito da leitura é descobrir o mundo. Se soubermos ler bons livros, saberemos ler o mundo.  E, como já disse Affonso Romano de Santana, saber ler o mundo é primordial para cada um de nós e para o resto do mundo.

Um comentário:

  1. Bom dia!

    1º comentário: Sobre a crônica nossas crianças


    Não podia deixar de comentar sobre esta belíssima crônica. Fiquei maravilhada com tanto respeito e amor. Em relação a esse dia, não posso falar o mesmo, pois vivo-o com muita melancolia, tristeza e saudade. Saudade de quem não está mais aqui, saudade de dar um abraço, saudade de todos os momentos que foram especiais, cada um vivido com muita intensidade. Essa saudade tem nome lindos "ANA LUISA e ALINE". Vieram, deixaram tanto amor, me ensinaram a ser uma pessoa melhor e partiram para brilhar e encantar o céu. A elas, por elas, todos os dias, o meu amor sempre será eterno.

    2º comentário: Sobre a crônica "Ler para as crianças"

    Linda, pois acredito muito na leitura, ela têm o poder de mudar o mundo, o pensamento e a vida das pessoas. Não é por acaso que vivo esta batalha diariamente de difundir o gosto de ler e sempre continuarei a fazer isto. Engraçado, tenho um aluno que se chama Sérgio, e quando eu o conheci, detestava ler e chegava na sala sempre com os livros mais grossos da biblioteca e incansavelmente indicava livros de acordo com a faixa etária, mandava-o ir de volta à biblioteca e trocar o livro, este saía resmungando, mas fingia que nem ouvia. Com o passar do tempo ele começou a demonstrar entusiasmo pela leitura e hoje quando entro na sala, lá está o Sérgio com o livro aberto debaixo da carteira. E aí eu falo: __ Sérgio, guarde o livro que temos que fazer correções e continuar a matéria. E ele diz: __ Ah! Professora, está tão boa a história que não consigo parar de ler. Então, experiências assim, constitui-se um e elixir para continuarmos com este trabalho, é mágico ver o brilho de satisfação que esse aluno alcançou através da leitura.

    3º comentário: Ontem levei todos os livros que você doou para o projeto, e os meninos ficaram muito felizes e li também seu comentário e eles falaram, professora já que ele falou pra você pedir que mandasse mais livro, faça isto, pois ficamos encantados com tanta gentileza. E mais uma vez te peço se puder mandar outros livros, ficaremos felizes. O projeto está em andamento e já arrecadamos mais de 200, mas a meta é ultrapassar 1000 exemplares. Contamos como sempre com sua ajuda. DEUS lhe pague.

    Professora: Edna Cristina Matos de Melo
    Rua Paulo Ferreira da Silva nº 60, Santa Rosa
    Divinópolis MG
    CEP 35.500.497

    ResponderExcluir