COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

TRIBUTO À PROFESSORA EDNA


   Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

Escrever é bom não só pelo prazer de chegar até o leitor, mas porque através do que escrevemos conhecemos gente, conhecemos pessoas interessantes, pessoas que fazem, pessoas fenomenais.

Na minha recente participação no Salão Internacional do Livro de Genebra, conheci brasileiros radicados na Suiça que foram lá me prestigiar, comprar meus livros. Conheci escritores brasileiros de outros Estados brasileiros que eu não havia conhecido, ainda, aqui no Brasil e outros que vivem fora do Brasil.

E meu blog, “Crônica do Dia”, de vez em quando me traz uma boa surpresa, me aproxima de alguém que faz um belo trabalho na educação, incutindo o hábito da leitura em leitores em formação.

No comecinho desta semana, recebi um comentário da professora Edna, de Divinópolis, Minas Gerais, mas que dá aulas em Carmo do Cajuru. Ela me conta que é professora de Língua Portuguesa na pequena cidade mineira e trabalha o gênero crônica com turmas do sétimo ano. Ao procurar material para as aulas na internet, encontrou meu blog e levou crônicas dele para a sala de aula. Começou a trabalhar com meus textos e as turmas gostaram, tanto que agora acompanham diariamente o blog. Não é gratificante? Só por isso já vale a pena escrever.

Conheço outros professores que fazem isso, aqui no Estado, como a professora Mariza. Ela até já me levou lá nas escolas onde dá aulas para eu conversar com os alunos que leram meus livros e fizeram diversos trabalhos com eles.

Pena que a escola da professora Edna fica um pouquinho mais longe e não posso, pelo menos imediatamente, como gostaria, ir lá conversar com seus alunos. Mas quero enfatizar que, nos dias atuais, quando a educação está tão relegada a segundo plano pelos nossos governantes, ser professora como dona Edna, com dedicação e abnegação absolutas, é um privilégio dos alunos que ela tem. Ser aluno, ser estudante, hoje, também não é tão fácil, justamente pelo abandono que o ensino público vem sofrendo, mas professores como dona Edna, como dona Mariza, como tantos outros heróis da educação espalhados por esse Brasilzão afora, fazem com que valha a pena nossas crianças se prepararem para o futuro, pois estão em boas mãos.

Aproveitem, jovens, a grande professora que vocês tem, que os está ensinando a gostar de ler, pois a leitura é fonte de conhecimento, os livros e os professores é que nos prepararão para sermos adultos produtivos e bem sucedidos, pessoas honestas e inteligentes que poderão melhorar o mundo em que vivemos.

Professora, mande-me seu endereço para que eu envie alguns de meus livros para a biblioteca da sua escola. Meu e-mail é lc.amorim@ig.com.br

3 comentários:

  1. Boa noite!

    Escrevo para parabenizá-lo pelo belíssimo texto. Fiquei muito feliz, cheguei da escola a pouco e já estou com saudade de encontrar meus alunos para ler esta crônica. O reconhecimento é mútuo e nos faz ter forças para continuarmos a missão. Sou uma pessoa simples, que logo após ter terminado a faculdade descobri que minha primeira filha havia sido diagnosticada por uma doença raríssima conhecida como "Síndrome de Fanconi", deixei o sonho de ser professora para cuidar dela, vivia correndo para a capital BH e quando ela estava em fase terminal da doença descobri que estava grávida da segunda filha. A 1a filha faleceu e após 20 dias a segunda nasceu descobrimos a doença e após tratamento veio a falecer. Hoje tenho 38 anos não tenho filhos sou casada a 17 anos e me tornei palestrante. Vou a faculdades, ECC e a qualquer lugar que me convidam, faço este trabalho voluntariamente porque isso é que me faz a continuar a viver, amo a vida, amo a Deus e amo ser professora. Após 5 anos voltei a dar aulas, não sou efetiva, apenas contratada mas independente do que sou procuro fazer o meu trabalho e ensinar a esses alunos a serem pessoas melhore, essa é a minha obrigação. Minha história da até tema para um livro, quem sabe com o título "Vivendo com dois anjos", mas posso apenas agradecer o carinho e dizer que continuar, sendo persistentes na missão, é realmente gratificante.

    Tenho uma boa noite. e até mais!

    ResponderExcluir
  2. Oi meu nome é gabrielle tenho 12 anos e sou aluna da professoara edna.

    Estou adorando o trabalho dela sobre cronicas e gostando dela ler todos os dias uma cronica do senhor.

    Quero agradecer por o senhor ter feito uma cronica para nossa classe e nos adoramos muito.

    Tambem quero parabenizar pelo seu trabalho que muito bonito continue fazendo e criando cronicas tao belas.

    Tenha uma boa tarde-beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá senhor Luiz Carlos
    meu nome é Marialice tenho 12 e sou aluna da professora Edna.
    Quero o parabenizar pelo trabalho bem feito que o senhor tem feito, gosto muito da suas Crônicas
    apesar de na minha sala os meninos não terem enteresse algum em aprender, e outros atrapalham o que querem.
    Gostei muito da crônica que o senhor fez para a minha professora, mesmo os meninos nao tendo tanto enteresse a professora ainda lê para nós fico muito atenta pois gosto muito de crônica.
    Espero algum dia eu possa ser uma crônista igual ao senhor.
    Obrigado por voce fazer crônicas tão belas continue assim.
    Bom dia Beijos e Abraços
    Marialice

    ResponderExcluir