COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sábado, 28 de julho de 2012

ATLETAS, MEDALHAS, SUPERAÇÃO

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/

Sou fã de carteirinha de ginástica olímpica, artística, rítmica, atletismo. Gosto de assistir tudo e Olimpíada, Pan, campeonatos mundiais são um prato cheio. Como A Olimpíada de Londres, que está acontecendo na Inglaterra.

É um espetáculo belíssimo ver os ginastas fazerem movimentos complexos com seus corpos, saltos incríveis, coisas que a gente nem imagina que alguém possa conseguir. Penso na dedicação integral dessa gente que se sacrifica desde muito pequena, para treinar, treinar, treinar e conseguir ganhar medalhas em eventos grandiosos como Jogos Panamericanos, Olimpíadas, Campeonatos Mundiais, etc. Os atletas, idem.

Eles ficam famosos, por um curto período de tempo, pois se aposentam cedo, mas a vida deles é treinar quase que em tempo integral, para ter o retorno nos campeonatos. Sobra muito pouco para ser criança, para ser adolescente, para ser jovem.

E então chega o dia da apresentação e, apesar da preparação dura e puxada, por uma infelicidade, por ansiedade, nervosismo, sei lá, acontece uma queda, uma falha, falta de sorte ou de mais treinamento e lá se vai a esperança de um pódio. É muito triste saber de todo o esforço para chegar até ali e presenciar a frustração de um atleta por não ter conseguido apresentar o seu melhor, apesar de tanto treino, tanto ensaio, tanta dedicação.

E há também o desgaste, pelos treinos constantes e pesados, que faz com que tenham que parar cedo, às vezes muito cedo, pois o corpo é submetido a superações extremas.

De toda aquela gente, de tantos países diferentes, que se prepararam por tanto tempo, nem todos podem levar algumas das três medalhas. Apenas alguns, aqueles que tiverem a sorte de não errar, de nada sair errado e assim conseguir a melhor nota.

De maneira que rendo aqui a minha homenagem a todo ginasta, todo atleta, cada um daqueles que se dedica por anos a fio para trazer para a gente um espetáculo belíssimo, grandioso, feito apenas com a plástica do corpo humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário