COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

SANTA CATARNA - ESTADO DE CAOS


   Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

Já passa de duas semanas do início dos atentados em Santa Catarina e eles continuam. O Estado não tem força policial suficiente para combater os bandidos. Mas recusou a ajuda do governo, que ofereceu o envio de policiais federais, com a desculpa de que apenas cem elementos era muito pouco. Ora, nós temos poucos policiais, porque nosso governador não providenciou o aumento do nosso contingente, e então ele diz que não quer ajuda porque a ajuda é pouca? E ainda por cima foi desmentido, pois a oferta não era de cem policiais, não foi especificado nenhum número, nenhuma quantidade.

Nosso governador é cego e surdo, além de devagar? Chega de dizer que tudo está bem, por que não está. Chega dessa cara de bonzinho, de inocente. Não dá pra não ver o que está acontecendo, não para não ver que ele está se contando história pra boi dormir enquanto o Estado afunda. Já morreu gente nestes atentados que assolam o Estado e quase chegam ao número de cem. Colombo não está dando conta do recado e está metendo os pés pelas mãos desde o início, pois a saúde e a educação também estão um caos, em estado de falência, assim como a segurança. Os atentados continuam, prova de que não há a mínima segurança.  Várias escolas estaduais estão interditadas, sem condições de receberem os estudantes que voltam às aulas nesta semana, pois inicia o ano letivo e durante as férias as reformas não foram iniciadas. Os hospitais continuam com o corpo médico defasado, faltando funcionários e os doentes continuam esperando muito para serem atendidos e internados – quando o são – em corredores e cadeiras, pois faltam leitos, faltam macas, faltam hospitais. Falta humanidade, falta competência, falta administração.

Senhor governador, já passou e muito a hora de tomar providências, de fazer o seu trabalho. Tem que correr atrás do prejuízo. Chega de desmandos, de falta de liderança. É preciso combater a violência, a corrupção e o terrorismo, é preciso recuperar o comando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário