COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

A VOLTA DO FLORIPA LETRADA


Por Luiz Carlos Amorim - Escritor - Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br
 
Há coisa de uma semana escrevei sobre o abandono do projeto Floripa Letrada, pois tenho passado no terminal de ônibus do centro e tenho visto as estantes vazias. A administração anterior da capital parece ter abandonado o projeto no ano passado, e ele estava esvaziado, então eu pedia, inclusive, ao novo prefeito, que o revitalizasse.
Pois ontem vi uma matéria a respeito, anunciando que o Floripa Letrada volta a ser abastecido com livros, nesta época de volta às aulas. "Toda segunda, quarta e sexta-feira, no período da tarde, as estantes das plataformas recebem obras doadas pela população, entidades públicas e privadas. No mês de março, o projeto será retomado nos terminais da Trindade, Canasvieiras e do Rio Tavares. A característica do Floripa Letrada é a de fornecer gratuitamente publicações aos usuários de ônibus. A iniciativa é das Secretarias Municipais de Educação e de Transporte, com o apoio da Cotisa, que é a companhia operadora de terminais de ônibus, e do Setuf, Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros."
O projeto, desde o seu início, tem o objetivo de propiciar acesso à leitura, incutir os gosto pela leitura, criar o hábito da leitura. No ano passado o Floripa Letrada foi mais um projeto abandonado pela "administração" do prefeito de então, em fim de mandato.
Agora o novo governo da cidade promete fazer novos convênios para garantir o abastecimento das estantes às segundas, quartas e sextas, para que os usuários do transporte público possam pegar livros e revistas para leitura no terminal, os ônibus ou em casa.
Na verdade, o projeto pretendia um rodízio, ou seja: as pessoas emprestariam os livros, mas depois de lidos eles seriam devolvidos às estantes do projeto para que outras pessoas os emprestassem. Infelizmente, muito pouco ou quase nada dos livros "emprestados" são devolvidos.
Ainda bem que, além dos convênios, o projeto conta com a doação de particulares. Assim, todas as pessoas que têm livros em casa já lidos, ocupando espaço, podem doar ao projeto. Nas estantes do Floripa Letrada, nos terminais de ônibus, está escrito que quem tiver livros ou revistas para doar deve ligar para os telefones 2106-5900 e 9956-2350, que um carro irá buscar em casa. Eu liguei, mas tive que insistir muito para que viessem pegar cerca de cem livros na minha casa, há pouco mais de um ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário