COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

AUMENTO DE HORAS/AULA NA ESCOLA

                           Por Luiz Carlos Amorim – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


Falei, na sexta-feira, das mudanças que o Conselho Nacional de Educação aprovou para o Ensino Médio, comprometendo ainda mais a educação brasileira que já está um caos.

Pois tem mais: leio em uma das revistas de informação semanal desta semana que o Senado também aprovou um projeto de lei que eleva de 800 para 960 horas a carga horária mínima anual para o ensino fundamental e também para o ensino médio, a partir de 2013.

A atual carga horária está apertada, não está sendo possível dar todo o conteúdo programático anual, e essa mudança, esse tempo extra viria em boa hora, não fossem algumas das mudanças para o Ensino Médio aprovadas, também recentemente, pelo Conselho Nacional de Educação. Com a implantação de mais quatro disciplinas, a ampliação de horas/aula viria muito a calhar, mas algumas das outras modificações deixam dúvidas quanto a se isso resolverá o caos atual da educação, como a “autonomia” das escolas para escolher quais disciplinas terão mais prioridade (maior número de aulas) e quais poderão ter a carga horária diminuída.

Esperemos que sim, que mais tempo em sala de aula faça com que o professor consiga dar o conteúdo com tranquilidade e que os alunos possam aprender mais e melhor. Mas ainda continuo achando que o governo, com essas novas modificações, está se eximindo da responsabilidade quanto à qualidade da educação brasileira, deixando toda a culpa para as escolas. E, como já disse na sexta, em nenhum dos dois projetos aprovados falou-se de adequação dos salários dos professores. Sim, porque eles vão ficar mais tempo em sala de aula, vão ter que preparar mais aulas, corrigir mais provas, etc., etc. Vão trabalhar muito mais.

2 comentários:

  1. ter mais aulas seria realmente bom!principalmente naquelas matérias que os alunos mais tem dificuldade.Mas se ficar somente na sala de aula,os alunos irão se entediar.Precisam também de alguma aula também do tipo,teatro,música,dança,etc e de melhores laboratórios para melhor desenvolvimento as aulas de química,física...

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem pode até melhorar,mas será que o problema é só esse me admiro muito que o ministro da educação não veja o real problema da educação que são as superlotações nas salas de aula,vile~encia escolar,baixa infra estrutura e vários outros problemas que venham afetar a educação,a real causa dessa medida se dar em os empresários da área da educação terem a desculpa de aumentar a mensalidade devido ao aumento dos dias letivos.

    ResponderExcluir