COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O AURÉLIO ATUALIZADO

Por Luiz Carlos Amorim - http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/

Já está circulando a nova edição do Dicionário Aurélio, talvez o mais importante registro linguístico da língua portuguesa praticada no Brasil, lançado recentemente, na Bienal do Livro de São Paulo.
É a quinta edição do mais tradicional dicionário da língua portuguesa no Brasil e, agora sim, vem totalmente atualizado segundo o Acordo Ortográfico assinado pelos países que tem o português como língua oficial, em vigor por aqui desde o ano passado e adaptado ao VOLP – Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, quinta edição, publicado pela Academia Brasileira de Letras em 2009.E muitas outras novidades: mais de três mil novas palavras foram incorporadas, vocábulos de diversas áreas do conhecimento humano (informática, biologia, genética, medicina, culinária, botânica, ecologia, economia, educação, moda, astronomia, física, engenharia, química), palavras estrangeiras como “e-book”, “pop-up”, “blue Ray”, “Blue tooth” e outras, que são usadas há bastante tempo no nosso dia a dia mas não constavam de dicionário. Também verbos resultantes de novas tecnologias de comunicação, como “tuitar”, “blogar”, etc.Na versão eletrônica do novo dicionário, uma série de recursos ajudam a aplicar as regras do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, como consulta rápida de que palavras foram modificadas, verificação da ortografia (pode-se digitar conforme a ortografia antiga e o software traz como era antes do Acordo e como é agora), e um Guia Rápido sobre o que mudou na língua portuguesa com o novo Acordo Ortográfico. Além do mais, essa nova edição do Aurélio, que já se fazia mais do que necessária, por dois motivos: é uma homenagem ao centenário do criador do dicionário, Aurélio Buarque de Holanda. E vem nos socorrer com segurança, no que diz respeito às mudanças ortográficas em vigor desde início de 2009.
O meu Aurélio é bem velhinho, tenho a mesma edição a mais de dez anos, só estava esperando que saísse uma atualização com a reforma ortográfica. Ele não é barato, é bom que se diga, mas vale a pena. Para quem escreve, é o companheiro inseparável, assim como também uma boa gramática. Para quem lê também.
Que seja bem-vindo o novo Aurélio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário