COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

FALTA DINHEIRO PARA A SAÚDE

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


Com tanta roubalheira, tanto escândalo de corrupção, com tanto “desvio” de dinheiro público, os nossos “governantes” vem de novo com a história de que não há verba para a saúde, que é preciso arranjar uma fonte de recursos, porque não tem de onde tirar. Um político descarado chegou até a dizer que foi um desastre terem acabado com a CPMF, que é por isso que a saúde está neste caos que está.

Ora, a CPMF nunca foi usada para a saúde, apesar de ter sido criada para esse fim. No tempo que se cobrava a CPMF a saúde já estava falida neste país, as pessoas já morriam nas portas de hospitais sem atendimento, já passavam meses, às vezes anos esperando chegar o dia da consulta, que não raro era remarcada sem nenhuma justificativa. Não havia médicos suficientes, faltavam funcionários nos hospitais, que careciam de equipamentos, de remédios, etc. Como hoje.

Então não venham me dizer que a culpa de a saúde estar no estado que está é porque a famigerada CPMF foi suspensa. E se conseguirem ressuscitá-la, continuará não revertendo em prol da saúde e enchendo os bolsos de políticos corruptos de plantão.

Que história é essa de que não há recursos para a saúde? Como é que há lugar para tudo no orçamento da União e não há verba para a saúde? Somos o povo que mais paga imposto, o país que tem batido recordes na arrecadação, como é que a saúde não é uma das prioridades no orçamento?

Dinheiro público para ser “desviado” há bastante, mas para a saúde não há de onde tirar. O que falta não é dinheiro, é vergonha na cara de nossos “políticos”. Precisamos aprender a votar para renovar nossos representantes no poder público e tentar acabar com a corrupção e com a impunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário