COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

A INTERNET E A ESCOLA

Por Luiz Carlos Amorim - Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


A internet é uma central de informações mundial e pode ser uma boa aliada da escola. Mas precisamos considerar que a grande rede não tem só boas informações: há muita coisa ruim nela. Assim como há bons conteúdos, comunicações confiáveis, há muita mentira travestida de verdade, muita afirmação sem correção, muito tráfego criminoso, até.


Então a internet pode ajudar na formação de nossos estudantes, mas eles têm que ser orientados nesse garimpo, tem que ser guiados no sentido de saber identificar o que é correto e descartar o que é entulho.

Há uma variedade infinda de conteúdo na internet. E alguns de nossos estudantes, até os de grau superior, que precisam pesquisar assuntos de estudo para fazer seus trabalhos, suas teses, suas monografias, acabam copiando, não raro, textos prontos e apresentando como seus. Está lá, à disposição, é muito fácil lançar mão deles. E o problema não é só a desonestidade de se apoderar de um trabalho intelectual que não é de sua autoria: o estudante pode ter escolhido um texto sem qualidade, com informações equivocadas, que pode prejudicá-lo e penalizá-lo, pois além de uma nota zero, se descoberto, pode receber castigo mais severo. E isso não o formará para a vida, pelo contrário: estará tolhendo a sua formação.

Para aqueles que apelam para a internet a fim de complementar o estudo de assuntos importantes, podem aprender lições erradas, pois qualquer um pode postar qualquer bobagem, inclusive em locais que deveriam ser confiáveis, como enciclopédias.

Fico preocupado quando ouço, de algumas pessoas, que em havendo alguma dúvida sobre qualquer assunto, inclusive gramática e vocabulário, consultam imediatamente sites de busca, Wikipédia, etc., etc. Isso é muito temeroso, pois dependendo de onde a pessoa obteve a informação, ela pode não ser correta. Temos que saber onde buscar a informação e conhecimento na internet, saber separar o joio do trigo. E isso não será fácil, se não tivermos fontes confiáveis, sites ou sítios fidedignos, se não soubermos avaliar e comprovar a veracidade dos conteúdos. E para isso, não podemos depender só do que está na grande rede, há que tenhamos alguma cultura, algum conhecimento prévio, que a escola pode dar.

Precisamos saber como usar a internet, para que ela trabalhe a nosso favor. E a escola tem papel fundamental nisso, pois ela pode ensinar nossas crianças a buscar o que ela tem de melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário