COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A NOVA PONTE E A PONTE HERCÍLIO LUZ

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


Ninguém nega a necessidade de uma quarta ponte de ligação do continente com a Ilha de Santa Catarina. Florianópolis precisa dessa ponte não é de hoje, já faz muito tempo que a mobilidade é zero por aqui. Aí o governo do Estado, finalmente mostra um projeto, depois de algumas outras opções estapafúrdias. Eram três ou quatro possibilidades e a escolhida, que é a mais racional, foi o primeiro projeto a ser colocado no papel.

Então foi feito um vídeo do que vai ser a nova ponte, inclusive as benfeitorias e paisagismos que serão feitos no aterro que será construído do continente. Tudo muito bonito e funcional, muito moderno muito ousado. O novo aterro será maior que as áreas do aterro da Beira-mar Norte, Baía Sul e Via Expressa Sul. No aterro, haverá parque metropolitano, marinas, estacionamentos, ciclovias, pista de caminhada, concha acústica, áreas para prática de esportes, praças nas áreas arborizadas, programa de arborização urbana.

O custo é de mais de um bilhão de reais, será financiada por meio de parceria público-privada. Isso tudo me faz lembrar o projeto de uma outra ponte, a segunda, em 1970. Também fazia parte do projeto mais ou menos as mesmas maravilhas que estão no projeto dessa quarta ponte, mas o que vimos, depois de terminada, não foi nada daquilo que se anunciou. Então fico pensando se a novela não se repetirá.

Já temos uma outra novela em andamento, a da ponte Hercílio Luz, o cartão postal da capital que ameaça cair, apesar de todo o dinheiro que já foi gasto nela. A impressão que dá é que há quem não queira que a sua restauração acabe, pois é a galinha dos ovos de ouro. Se ela ficar pronta, se ficar apta a funcionar de novo, nem que seja para pedestres, em que sumidouro vão injetar dinheiro?

Parece que estamos diante de um impasse: o Estado e o município precisam arrecadar verba, mas está claro que não vai dar para conseguir as cifras milionárias para as duas “obras”. Terão que escolher uma. E o governador já disse que está cansado dessa morosidade da restauração da nossa querida ponte.

E é verdade que a quarta ponte tem prioridade, precisamos dela e tenho dúvidas e muito receio de que a construção demore mais do que estão prometendo, não seja nada daquilo que estão prometendo, repetindo, inclusive, o que aconteceu com as segunda e terceira pontes, que estão em petição de miséria, sem manutenção e construídas na base da economia.

Espero, muito mesmo, que meus receios sejam infundados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário