COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sábado, 2 de julho de 2011

A BR 101 ESBURACADA COM PEDÁGIO

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


Trafeguei na BR 101, nos dois sentidos neste início de julho, no trecho Florianópolis-Joinville, e fiquei novamente indignado. Indignado e humilhado, pois sinto-me roubado: pago pedágio para andar em rodovias esburacadas, sem manutenção, sem nem uma sinalização decente.

Tanto num sentido como em outro – Joinville-Florianópolis e Florianópolis-Joinville, os buracos, rachaduras no asfalto, camadas de asfalto descascadas, soltas, são comuns. E em todo o percurso. Não casos localizados aqui e acolá. É constante. E não venham me dizer que é por causa da chuva, porque os buracos já estavam lá de outras vezes que passei, eles só aumentaram.

Eu estava matutando sobre o fato de a estrada estar nesse estado calamitoso e a gente não via a concessionária trabalhando em nenhum ponto da estrada. Então, lá pelo meio da viagem, na volta, hoje, vi um caminhão com alguns trabalhadores tapando alguns buracos. Mas nada daquele trabalho bem feito que deveria ser apresentado pelos responsáveis pela manutenção da estrada, a concessionária que recebe o pedágio. Eles estavam simplesmente jogando asfalto com uma pá dentro dos buracos, de maneira que desaparece o buraco e aparece uma protuberância no meio da estrada. Eu já vinha notando aqueles montes na estrada, aqueles remendos mal feitos, mas preferi pensar que fosse coisa velha. Não era.

É para isso que pagamos pedágio? Para fazerem remendos sem vergonha na rodovia? Vou perguntar de novo, pois em uma crônica anterior, há alguns meses, fiz a pergunta e ninguém respondeu: quem é que fiscaliza esses contratos milionários feitos com as concessionárias, de quem é a responsabilidade de conferir o que foi acordado, de cobrar o que deve ser feito?

Está na hora de o poder público, que autorizou a concessionária a receber o pedágio dos usuários da BR 101 para fazer a sua manutenção, verificar o cumprimento do contrato, pois quase nada está se fazendo com o dinheiro arrecadado, que não é pouco, sabemos. O dinheiro que eles cobram da gente, tolhendo nosso direito de ir e vir, não é para encher os bolsos, simplesmente. É para aplicar na manutenção da estrada.

Recentemente o valor do pedágio aumentou e, ironicamente, a estrada está ficando pior. Que se identifique os responsáveis pela verificação do cumprimento das obrigações da concessionária, para que a estrada seja mantida, para que possa oferecer um pouco de segurança aos usuários. Cobrar por serviço que não é realizado é ilegal. Chega de enganação. Que nossos representantes tomem as devidas providências.

Um comentário:

  1. Não é possível que entre em nenhuma cabeça, como um trecho de 24 km entre Laguna e Tubarão, largo, plano, sem barreiras burocráticas de desapropriações, sem pedras a detonar, possa, na mão de certos empresários dar um nó de impotência em um governo federal que acha tão forte. Dilma, a Senhora Presidente ( porque presidenta é só a mulher do presidente - no dicionário) não tem nada da nossa Anita Garibaldi.

    ResponderExcluir