COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

terça-feira, 5 de julho de 2011

O DICIONÁRIO MARIO QUINTANA


Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


Em uma outra crônica, falei do livro sobre Quintana que a minha amiga Else comprou para mim em Porto Alegre, quando foi à Feira do Livro. Eu não o tinha pegado ainda, dona Else mora em Joinville e finalmente pode me entregar o livro, quando estive lá para o lançamento de meu novo livro de crônicas.

Pois o livro é ainda melhor do que eu esperava. Pra começo de conversa, é um livrão: as dimensões dele são 30 centímetros de altura e 24 de largura e tem 256 páginas. O título é “Mario Quintana – 100 anos – A quinta essência de Quintana”. E não é apenas um livro – é um dicionário de verbetes pesquisados da obra de Mario. Foi publicado em 2005, em homenagem aos cem anos do nascimento do poeta. E, de quebra, traz um CD com poemas do poeta passarinho, interpretados pelo ator Paulo José e suas filhas, Isabel Kutner e Ana Kutner.

Além das muitas fotos de nosso grande e saudoso Quintana, outras fotos ilustram alguns verbetes. A apresentação do livro é primorosa, é um merecido tributo ao maior poeta aqui do sul.

Para os organizadores, “dicionarizar um prosador é um desafio. Dicionarizar um poeta, um impasse. Principalmente se estivermos ante um poeta tal Quintana. Nos movemos com riscos de reprovação dos anjos por estarmos desmontando perfeitos castelos habitados por metáforas e reflexões. Para a equipe de pesquisadores, a construção de vinhetas se revelou complexa, porém não menos saborosa do que tirar fatia de um bolo.”

E para o leitor é um achado, é a reunião de grande parte da obra de nosso menino Quintana. A cada letra do alfabeto, um poema de “O Batalhão de Letras”, uma foto do poeta e um depoimento de alguma pessoa pública ou ligada a cultura, quase todos do Rio Grande do Sul. E cada letra nos dá várias palavras, que por sua vez nos dão trechos de textos ou poemas de Quintana que as contém.

É uma obra indispensável para conhecermos ainda mais do grande poeta que é Quintana.

2 comentários:

  1. Os amigos promovem momentos de extrema alegria. A escritora Else é uma delicadeza, mansidão e protidão que serve de exemplo para nós. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Foi uma bela recomendação. Agora já não vou dormir enquanto não achar o libro na Net. Não posso deixar de pensar, como Quintana foi recusado pela ABL enquanto "Ronaldinho" é escrachadamente laureado. Não se preocupe, também gosto de futebol, mas o bom senso é fundamental.
    Márcio

    ResponderExcluir