COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

LIVROS NOVOS SEM CUSTO

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


E o programa 100 Cópias sem Custo, do qual falamos aqui no blog em dezembro do ano passado, quando foi lançado, felizmente está dando frutos. A lei já foi sancionada e colocada em prática e seis novos livros estarão sendo lançados no próximo dia primeiro de agosto, na Assembléia Legislativa de Santa Catarina.

O programa, conforme já tínhamos dito anteriormente, autoriza a Imprensa Oficial de Santa Catarina a publicar obras de novos autores catarinenses. Mas não é apenas e simplesmente isso. A primeira edição, os cem primeiros exemplares impressos de obra avaliada e aprovada sairão de graça para o autor. Cada escritor terá direito de imprimir gratuitamente as cem primeiras cópias do seu livro, se a obra for aprovada.

A avaliação do material enviado para a IOESC a fim de ser publicado será realizada por um Conselho Editorial vinculado à Secretaria de Administração do Estado, composto por representantes das secretarias de Administração, de Turismo, Cultura e Esportes, da Fundação Catarinense de Cultura e por um representante do Conselho Estadual de Cultura.

Felizmente não aconteceu o que tem sido tão comum, no que diz respeito á cultura, em nosso Estado: o projeto ser esquecido, a lei descumprida, como acontece, por exemplo com a Lei Grando, que existe há quase vinte anos e só teve edital uma vez, em 2009. E voltou ao limbo.

O programa foi levado a efeito e os primeiros livros estão prontos para serem lançados. E esperamos que outros venham por aí.

É uma oportunidade ímpar para o escritor novo que não pode contar com o apoio de editoras e que de outra forma, não existisse esse programa, teria que arcar com os custos de impressão. Custos que não são pequenos e geralmente não cabem no bolso do escritor que quer publicar seu primeiro trabalho.

A lei é a de número 15.019/2009 e é de autoria do deputado federal Jorginho Mello, a quem damos os parabéns pela iniciativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário