COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

FESTIVAL DO CONTO

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/


Acontece em Jaraguá do Sul, no norte da nossa Santa e bela Catarina, de 18 a 21 deste mês, o Festival Nacional do Conto, quando será colocado em debate, com o propósito de revitalizá-lo, esse que já foi um dos gêneros literários mais populares no nosso país.


Inspirado no Festival Europeu do Conto, Jaraguá traz alguns contistas brasileiros para discutirem o gênero com leituras, oficinas e debates. É uma ótima iniciativa, pois precisamos reavivar o gosto pela história curta, objetiva, com apenas um núcleo dramático, de rápida digestão, mas que pode deixar marcas indeléveis, esse tipo de literatura tão eclético e com ótimos autores brasileiros e catarinenses, também, não podemos esquecer.

O conto já foi mais popular, mas desde o final do século passado a crônica foi tomando o seu lugar e se popularizando cada vez mais. Um gênero literário que pode, até, se confundir com o conto, a crônica está presente em todos os lugares: revistas, jornais, livros, etc.

Feliz iniciativa, essa, de reunir quem escreve, quem publica, quem lê o conto, para tentar recuperar-lhe a popularidade, já que na última década ele foi meio esquecido por editoras e livreiros. O conto é leitura rápida, dinâmica, que pode contar, com objetividade e com linguagem e estilos apurados, deliciosas histórias.

Então um festival de conto veio em boa hora, pois precisamos praticá-lo mais. Voltar a escrevê-lo, publicá-lo mais e lê-lo mais, também. E coincidência ou não, o Instituto Estadual do Livro do Rio Grande do Sul envereda pelo mesmo caminho, lançando o Prêmio Moacyr Scliar de Literatura de Conto e Poesia, que premiará livros publicados nos anos de 2009 e 2010 com 150 mil reais para o autor e trinta mil para a editora. Não é promissor? Mais uma iniciativa para colocar o conto em evidência.

Parabéns a Jaraguá do Sul e Porto Alegre, pelas iniciativas que podem dar um novo alento ao conto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário