COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sábado, 13 de novembro de 2010

RESUMOS

Por Luiz Carlos Amorim – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

Descobri, em uma papelaria perto de casa, um volume da coleção “Clássicos da Literatura Brasileira”. Até aí, tudo bem. Acontece que o livro, “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, era muito fininho, apenas cinquenta páginas. Fui verificar como fizeram para colocar a obra do mestre, encorpada, em tão poucas páginas. Então vi, abaixo do título, em letras pequenas, “versão resumida”.
A coleção, de resumos de clássicos que caem nos vestibulares, vinte deles, como “Helena”, de Machado de Assis, “Iracema”, de José de Alencar, “A moreninha”, de Joaquim Manoel de Macedo, “Casa de Pensão”, de Aluísio de Azevedo e outros, traz também biografia do autor, análise da obra do autor, um pouco da escola literária em que o livro abordado se enquadra, alguns capítulos integrais da obra.
Muita informação, boa informação, mas a coleção peca por entregar aos estudantes um resumo de cada livro. Precisamos incentivar nossos estudantes a lerem os livros na íntegra, não apenas resumos, orelhas e prefácios, que não dão a real dimensão nem da obra, nem do estilo do autor e outras peculiaridades.
Se toda a informação complementar que contém essa coleção viesse num volume com a obra integral, aí sim, o estudante estaria bem servido, pois conheceria o clássico literário na sua totalidade, mais complementos que o ajudariam a compreender melhor a peça literária e o autor.
Calculo que a coleção não tenha alcançado sucesso, apesar do apelo fácil do tudo em um, pois o preço de capa é R$ 4,99 e eu comprei por R$ 1,99. E o preço original é alto, diga-se de passagem, pois por cinco reais podemos comprar edições não muito sofisticadas de cada um dos livros focalizados na coleção, até por menos.
Para conhecermos um livro, para termos opinião própria sobre uma obra, precisamos lê-la na íntegra. Então qualquer outro recurso, seja ele resumo, adaptação para o teatro, etc., deve servir apenas para incentivar o estudante/leitor a procurar ler cada obra na sua totalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário