COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

sábado, 15 de janeiro de 2011

CORUPÁ, O VALE DAS ÁGUAS


Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

Com a enormidade da tragédia que aconteceu e está acontecendo no Rio e em outros estados, como Minas e São Paulo, lembrei-me da famigerada PCH – Pequena Central Hidrelétrica, que estavam tentando construir em Corupá.
Se tivermos uma chuva parecida com aquelas que estão acontecendo por lá – e que já aconteceram aqui em Santa Catarina, também – já imaginaram Corupá com barragem na cabeceira do vale? Porque Corupá é um vale no pé da Serra do Mar, um vale abençoado pela natureza, que tem que ser preservado. Não quero nem pensar. E esses desarranjos climáticos, que nós, seres humanos temos provocado, por nosso total descaso com o meio ambiente, estão acontecendo em muitos lugares diferentes. Esperemos que passem ao lago da nossa querida Cidade das Cachoeiras.
Eu não soube mais notícia da liberação ou não da construção da PCH Corupá, mas espero que isso já seja passado, que a possibilidade de termos um elefante branco desnecessário que só vai agredir o meio ambiente não seja mais cogitada. Andei visitando o blog da Associação de Desenvolvimento Sócio-ambiental Corupaense (ADESC), fundada no ano passado, para participar na fiscalização e a aplicação da legislação ambiental em vigor, de olho, portanto, na tentativa de construção da hidrelétrica, mas não encontrei nada novo lá.
Seria mais um risco para a cidade, privilegiada com rios e cachoeiras, que não podemos deixar que se transformem em uma ameaça para a comunidade corupaense.
Os administradores tem mais é que aproveitar a exibição da novela Ana Raio e Zé Trovão, que mostra muitas e muitas cenas gravadas em Corupá, para divulgar as suas belezas, dotar a cidade de infraestrutura para receber os turistas e proibir a construção de qualquer hidrelétrica, como fez Joinville, por exemplo.
Corupá não merece uma barragem que pode romper, se tivermos uma chuva torrencial como essas que vem acontecendo por aí. Não queremos que aconteça e esperamos que não aconteça jamais, mas a possibilidade é inegável. Não corramos riscos, vamos sim, divulgar e mostrar a natureza exuberante do Vale das Águas. O potencial turístico de Corupá é imenso e essa terra maravilhosa merece que cuidemos bem dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário