COMENTE

Sua opinião é importante. Comente, critique, sugira, participe da discussão.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

NOVELA GRAVADA EM CORUPÁ, A CIDADE DAS CACHOEIRAS


Por Luiz Carlos Amorim – Escritor -Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br

A caravana da novela Ana Raio e Ze Trovão, atualmente sendo exibida pelo SBT, chegou, na semana passada, em Joinville, depois de passar por vários pontos do país. Esse folhetim, alguns devem lembrar, foi gravado, originalmente, pela Rede Manchete, há mais de vinte anos. E grande parte da novela, quase metade, foi gravado em Corupá, Santa Catarina, perto de Joinville, no pé da Serra do Mar, a Cidade das Cachoeiras.
Se bem me lembro da época em que foi exibida pela primeira vez, muitos dos cenários localizados em Corupá, até as cachoeiras que aparecem de fundo para algumas cenas dos personagens, aparecem como se fossem em Joinville.
Então quero aproveitar para esclarecer para aqueles telespectadores que não são do norte da nossa Santa e bela Catarina, que pouco foi gravado em Joinville. O castelo do Dr. Rudi, por exemplo, que aparece muito é, na verdade, o Seminário Sagrado Coração de Jesus, cartão postal de Corupá. A frente do castelo mostrada em “Ana Raio e Zé Trovão” é a fachada em estilo gótico do Seminário, a segunda, pois a primeira, visível para quem chega no lugar é a igreja católica.
O acampamento de ciganos também não está localizado em Joinville, ele é um campo na zona rural de Corupá, localizado atrás do Seminário.
Então a novela é uma ótima divulgação para o enorme potencial turístico de Corupá, chance que os administradores da cidade perderam, na época da gravação.
Corupá tem dezenas de cachoeiras, mais de sessenta, quatorze delas num único roteiro. É uma cidade que tem a sua economia centrada na agricultura – é uma das maiores produtoras de banana do estado Catarina e ainda é um lugar tranquilo e bonito, uma cidade pequena que vai crescendo devagar, cortada pela Estrada de Ferro, que hoje só transporta mercadorias e pela BR 280, perto de Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e Joinville.
Telespectadores de todo o Brasil, quando assistirem “Ana Raio e Zé Trovão”, ao verem as cachoeiras, o castelo, o acampamento cigano e outros cenários, lembrem que estão vendo Corupá, a Cidade das Cachoeiras. Um dos lugares com as cachoeiras, rios e recantos mais bonitos deste Brasil. A Salto Grande, décima quarta da Rota das Cachoeiras, tem 125 metros: um espetáculo da natureza.
Como já disse antes, a natureza tem queda por Corupá. E os produtores da novela “Ana Raio e Zé Trovão” também, pois gravaram um bom trecho da novela no Vale das Águas.

2 comentários:

  1. eu moro em Corupá e me sinto orgulhoso em poder dizer que em minha cidade já foi gravado uma novela.Corupá é tudo isso e um pouco mais do que ele disse aqui no texto.

    ResponderExcluir
  2. Eu moro em Corupá e me sinto orgulhoso em poder dizer que em minha cidade foi gravado uma novela.Corupá é tudo isso que ele disse e um pouco mais.É um bom lugar para se viver.

    ResponderExcluir